Sua melhor opção em pneus e serviços automotivos.
home

Freios

Confira abaixo alguns produtos que você encontra nos centros automotivos.

  flecha

Cilindro de Roda

  flecha

Discos

  flecha

Fluído de Freio

  flecha

Pastilhas

  flecha

Sapata de Freio

  flecha

Tambor

 

A BS Pneus Centro Automotivo só trabalha com as melhores marcas do mercado no setor automotivo.

bosch varga syl
hipperfreios controil  


Veja algumas dicas que podem contribuir na conservação do sistema de frenagem:

Freios bem regulados e de marcas reconhecidas são fundamentais para a sua segurança e de sua família.

A cada 30.000km, verifique os freios quanto a vazamentos ou desgastes. Aproveite para verificar também o prazo de validade do óleo.

O primeiro ponto a observar é o nível do fluido de freio. Ele deve ser verificado todas as semanas e, se necessário, deverá ser completado com fluido da mesma marca. Recomenda-se a sua substituição anualmente.

Se quando você pisa no pedal do freio, ele faz barulho, isso pode significar pastilhas gastas. Os discos estarão sendo arranhados. Verifique o estado das pastilhas a cada 10 mil quilômetros. As lonas devem ser trocadas entre 25 mil e 40 mil quilômetros. Nesse tempo, os tambores também devem ser checados. Não pise no freio de forma brusca, procure pisar progressivamente e com antecedência.

Sempre utilize os freios com uma marcha engatada, para evitar desgaste das pastilhas e discos. Além disso, o maior esforço dos freios pode levar os discos e pastilhas ao superaquecimento. O carro pode ficar sem freios.

Cheque mensalmente o nível do fluido de freio. Quando for completá-lo, tome cuidado para não deixar cair nenhuma partícula de sujeira. Qualquer resíduo pode compromenter o perfeito funcionamento do sistema.

Ao se aproximar de cruzamentos e semáforos, tire o pé do acelerador e mantenha a marcha engatada para que o motor diminua a velocidade do carro. Você evita freadas bruscas e preserva discos e pastilhas de freio.

Nada é mais incômodo do que aquele "assobio" quando o carro freia. Técnicos em mecânica afirmam que quando é um leve "assobio", pode ser apenas conseqüência do tipo de material usado na fabricação das pastilhas, que ao entrar em contato com o disco produzem o barulho. Para solucioná-lo, nem sempre a troca de pastilha resolve. Talvez um lixamento pode amenizar o problema.

Se o ruído ao frear for semelhante ao barulho do atrito entre metais, é provável que as pastilhas estejam gastas. Neste caso, a troca deve ser feita imediatamente, evitando danificar os discos de freio e comprometer a segurança do condutor e passageiros.

Quanto aos chiados da embreagem, o ruído pode estar sendo causado pelo desgaste do rolamento ou "colar" da embreagem. É comum aparecer este defeito após chuvas fortes ou enchentes, em que o fundo do carro recebe muita água. Se for esse o defeito, a solução é substituir a peça.

Existe também a possibilidade da causa do barulho ocorrer por falta de lubrificação na mola da embreagem, junto ao pedal ou haste de acionamento. Para eliminar o ruído, que mais parece um rangido, basta pingar algumas gotas de óleo.

Carro com injeção eletrônica deve descer uma ladeira engrenado, pois isso proporciona menor gasto de combustível e maior segurança, desgastando menos os freios. A dica não é válida para carros carburados.