/ Artigos

Sumitomo inova no estudo e desenvolvimento da borracha para pneus

A fábrica que produz as marcas Dunlop, Falken e Sumitomo já recebeu um dos primeiros equipamentos para dar início a utilização do supercomputador Fugaku.

Esse é o principal supercomputador do mundo em suas capacidades e os números podem provar: ele é equipado com 158.976 unidades de processamento central e pode realizar 442 quadrilhões de cálculos por segundo. Essas características garantiram a classificação como o supercomputador mais poderoso do mundo por duas vezes seguidas pela  TOP500, HPCG, HPL-AI e Graph500.

Desde que informou a aquisição, a Sumitomo revela que tem aproveitado o sistema para desenvolver novos materiais. Com o poderoso supercomputador, a empresa espera fazer mais avanços tecnológicos para melhor responder às necessidades de inovações automotivas como a  CASE, MaaS.

Entre os estudos já realizados, a Sumitomo destaca o trabalho no desenvolvimento de “sustentação de desempenho”, para conter o declínio no desempenho do pneu que ocorre ao longo do tempo devido ao desgaste. Um dos maiores desafios no desenvolvimento dessa tecnologia é que ela requer um entendimento preciso das mudanças químicas que ocorrem na borracha em nível molecular durante o uso do pneu, para que possam ser controladas.

Outro estudo realizado pela marca descreve uma técnica recém-estabelecida para simular o comportamento molecular de materiais de borracha, enquanto considera suas estruturas moleculares com mais detalhes.

Usando o supercomputador Fugaku, ele agora espera expandir os limites da tecnologia de simulação de materiais de borracha para simular com precisão não apenas esse comportamento molecular, mas também mudanças químicas reais.

Sumitomo inova no estudo e desenvolvimento da borracha para pneus
Compartilhe

Inscreva-se em Bs Autocenter